Revista de Engenharia e Tecnologia, Vol. 2, No 1 (2010)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

IMPLANTAÇÃO DE PLANOS DE LUBRIFICAÇÃO INDUSTRIAL: ESTUDO DE CASO EM UMA INDÚSTRIA PAPELEIRA

Marjorie Belinelli, Luciano Scandelari, Rui Francisco M. Marçal, Lilian Vaselquiu Muller

Resumo


Elementos mecânicos de máquinas e equipamentos industriais têm suas superfícies em relativo movimento durante sua operação, sofrendo assim constante atrito. O atrito é o principal responsável pelo desgaste (perca de material, desconfiguração dos elementos de máquina) dos componentes mecânicos, diminuindo o desempenho do maquinário e muitas vezes provocando paradas de máquina, interrompendo assim o processo produtivo (LANSDOWN, 2004).

Filmes lubrificantes (óleos e graxas) têm como principal função o controle do atrito e prevenção de desgaste precoce de componentes mecânicos, melhorando o desempenho e a disponibilidade do maquinário industrial.

Porém, a execução da Lubrificação de forma inadequada traz consigo os mesmos prejuízos do que não efetuá-la: Desgastes, aquecimento do maquinário e perca de eficiência de máquinas e equipamentos. Assim, pra se tornar uma uma ferramenta de competitividade industrial, a Lubrificação deve ser implantada com base uma adequada Gestão de seus recursos e materiais.

O presente artigo aborda a implantação desta Gestão com aplicação de Planos de Lubrificação Industrial para uma Máquina Papeleira em uma Indústria de Papel e Celulose localizada na região metropolitana de Curitiba. Ao longo do artigo serão demonstradas as etapas necessárias para elaborar e gerir estes Planos de forma eficaz visando gerar aumento de Disponibilidade e Produtividade da Máquina Papeleira.

 

Palavras chaves: Gestão da Lubrificação Industrial , Redução de Paradas de Máquina, Aumento de Disponibilidade.


Texto Completo: ARQUIVO

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0.

O CONTEÚDO DOS ARTIGOS É DE RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA DOS AUTORES.